Acervo Digital » Jornalismo Colonial de Expressão Portuguesa » Cabo Verde »

Síntese da imprensa periódica na província de Cabo Verde

O trabalho busca realizar uma síntese histórica do surgimento da imprensa e do jornalismo em Cabo Verde, estudando o contexto histórico em que tais acontecimentos ocorreram. Destaca-se, nitidamente, uma forte tendência ao jornalismo literário nesta antiga colônia de Portugal, cuja imprensa tem características diferentes em relação às demais colônias lusas. Este trabalho se insere numa pesquisa de âmbito maior sobre o jornalismo luso-brasileiro. Neste caso, trata-se do subprojeto sobre imprensa de colônias de expressão portuguesa.
Palavras-chave: história da imprensa luso-brasileira; história da imprensa de Cabo Verde; história do jornalismo; teoria do jornalismo.


O Caboverdeano

Edição nº 1, ano 1 (7 de abril de 1918):

Ano de início da publicação: 1918 / Local: Praia
Composto e impresso: Imprensa Caboverdeana
Diretor: César Augusto Pereira Sá Correia / Administrador: José M. M. Fragoso
Observações: folha republicana, composta por quatro páginas.


O Eco de Cabo Verde

Edição nº 1, ano 1 (1 de maio de 1933):

Ano de início da publicação: 1933 / Local: Praia
Composto e impresso: Minerva de Cabo Verde
Diretor, editor e proprietário: Dr. Leão Gomes de Pina
Observações: abaixo de seu nome (escrito em caixa alta e em negrito) o diretor, editor e proprietário da folha – de publicação quinzenal, explicita que é advogado.


O Independente

Edição nº 3, ano 1 (15 de fevereiro de 1912):

Ano de início da publicação: 1912 / Local: Praia
Composto e impresso: Imprensa Nacional
Editor e redator: Gustavo Carlos da Fonseca
Observações: folha republicana, de periodicidade quinzenal, composta por quatro páginas.


O Manduco

Edição nº1, ano 1 (1 de agosto de 1923):

Ano de início da publicação: 1923 / Local: Ilha do Fogo
Composto e impresso: Imprensa Nacional
Proprietário, diretor e editor: Pedro Monteiro Cardoso.


Ressurgimento

Edição nº1, ano 1 (19 de dezembro de 1933):

Ano de início da publicação: 1933 / Local: Santo Antão
Composto e impresso: Sociedade de Tipografia e Publicidade
Redator: J. Nonato Ramos / Diretor: R. Nobre de Melo / Editor: H. Ramos / Administrador: J. Leite
Observações: no canto inferior esquerdo da capa encontramos, grifada como um letreiro, a expressão “visado pela censura”.